PERFORMANCE

Oferecemos o melhor em reprogramação eletrônica no Brasil

Performance

Qualidade, garantia, entrega rápida

Mais potência e torque para o seu veículo. Tecnologia nacional, desenvolvida e aprovada nas pistas

Reprogramação Eletrônica

A reprogramação eletrônica nada mais é do que a alteração do software de um carro, regulando a injeção eletrônica ao injetar combustível e nos pontos de ignição do motor, tendo como resultado mais ganho de potência e torque, otimizando aquilo que já vem com o veículo, esta é uma alteração genuína e segura.

O que é feito?

No módulo eletrônico do motor está instalado o software que controla as calibrações de todas as funções, como injeção do combustível e avanço da ignição - de acordo com condições como a rotação do motor, carga do acelerador, temperatura ambiente, umidade do ar e até altitude.

Exemplificando, de forma resumida: a partir dessa programação, o carro sabe que estando a “x” rpm e com carga do pedal “y”, ele deve ter o avanço de ignição “a” e injeção de combustível “b”, condicionado ainda a condições de faixas de temperatura, umidade, altitude. Então, mudanças na rotação (x) ou carga do pedal (y) alteram o ponto de ignição (a) e o volume de combustível injetado, assim como as variações climáticas.

A menção ao "chip" para o procedimento vem da década de 90, quando ainda existia, de fato, um chip que era substituído (ou retirado para reprogramação). Atualmente, é através da porta OBD (on-board diagnostic) que é feito o acesso ao módulo de controle eletrônico e a alteração dos parâmetros originais de fábrica - basicamente da injeção de combustível, avanço da ignição e, quando existe, a pressão da turbina.

O ganho de potência é mais significativo em carros turbinados.

DPF/EGR Delete

O principal fator para fazer a remoção de um DPF (filtro de partículas de diesel), componente do escapamento do carro, é a sua ineficiência, com o passar do tempo e conforme o uso o DPF não cumpre seu papel e acaba ficando obstruído, prejudicando a performance do carro e fazendo com que ele gaste mais diesel.

Em casos onde o DPF já está bem comprometido o carro pode falhar por várias vezes, fazendo com que o carro entre em modo de segurança ou até mesmo impedindo o carro de ser ligado.

A válvula EGR (Recirculação dos Gases do Escapamento) é basicamente um corpo-borboleta acionado pela ECU, com o passar do tempo a mesma carboniza, causando o mau funcionamento do veículo e podendo ocasionar até uma pane no motor. Os gases reutilizados através da válvula contem partículas que contaminam o óleo do motor, com que o motor funcione mais quente, menos econômico, e com maior consumo de combustível.

Sendo assim realizamos o desligamento eletrônico destes componentes e fizemos suas alterações físicas, para solucionar de vez o problema do cliente e ainda deixando o carro com uma performance melhor e mais econômico.

Atendimento remoto

Agende seu serviço! Nós vamos até você!

Faça uma cotação agora!
DÚVIDAS?
FALE COM NOSSO ESPECIALISTA!
(48) 98804-4502